A mordida dos impostos!

terça-feira, 7 de abril de 2009

É importante preservar o patrimônio histórico?

Finalmente depois de tantos e tantos anos parece a nossa região vem acordando para a questão da arquitetura das construções. Acordamos quase tarde demais para a preservação dos prédios antigos e também para a construção de prédios modernos que sejam feitos em harmonia com o que é histórico.

Quase despertamos tarde para a preservação dos prédios históricos porque grande parte já foi destruída pelo tempo e pela ação do homem. E não adianta fugir desta verdade, pois todas as cidades têm vários exemplos de casas que foram colocadas abaixo para dar lugar a um prédio moderno.

E para isso se fechou os olhos, mas agora querem recuperar o tempo perdido e proibir até de colocar um prego numa casa antiga sem o aval das autoridades. De nada adianta preservar o pouco do antigo que restou, se os prédios novos são construídos em total discordância um do outro. Faz-se um elefante enorme, com traços modernos, enquanto se obriga a preservar as casas velhas que caindo os pedaços.

De nada adianta proibir de construir prédios de quatro pavimentos nas ruas principais, se não prestamos atenção nas outras coisas. Aliás, às vezes é melhor pra cidade um prédio de 10 pavimentos que seja feito dentro do estilo adotado, do que um prédio de dois andares que seja num estilo que destoa da maioria.

Gramado está aí para provar que o estilo da cidade é, sim, uma boa maneira de chamar turistas. Todo mundo sai falando da arquitetura das casas gramadenses. Lá, o que não é preservado, é construído, mas a arquitetura, se não é a mesma, segue a mesma linha. Do ponto de vista técnico, pode estar errado, mas o charme de Gramado está nisso!

Claro que cada proprietário de imóvel é dono do seu nariz para construir o que bem entender no seu terreno. Mas por que as prefeituras não dão incentivos de impostos a quem valorizar um estilo arquitetônico adotado!? Assim, a cidade continuaria crescendo, unindo o velho e o novo, em perfeita harmonia e o empreendedor gasta menos em impostos.

A pergunta que está na boca do povo: você sabe o que é enxaimel?

Resposta ainda esta semana. Acesse o blog mauridandel.blogspot.com e faça o debate deste assunto.

A mensagem positiva do dia: “Quando a vida não está sorrindo pra você, pense nos momentos piores que já passou, mas sobreviveu e está aí pra contar a história. Pensa nos momentos felizes, que vêm e vão, mas pense pra frente, pense positivo e não esqueça que ainda há tempo pra tudo, principalmente para ser feliz”.
(terça, 07/04/09)

Um comentário:

Jorge Luis Stocker Jr. disse...

Adotar um estilo imitando enxaimel ou coisas do tipo está longe de ser o ideal. Gramado é um péssimo exemplo. Destruiu todo seu patrimônio de chalés de madeira, e trocou pelo fachadismo a lá disneylândia que vemos hoje. Uma mentira histórica, cultural, superficial como um pires.

O patrimônio deve sim ser preservado, a todo custo! E mantido em uma ambiencia agradável, e em harmonia com os prédios contemporâneos. Mas os prédios atuais devem ter cara do nosso século, respeitando o fácil reconhecimento do que é antigo. Até porque duvido tu encontrares um construtor que entenda de enxaimel. E aplicar madeira na fachada é um total desrespeito à cultura dos imigrantes!

Temos que construir nossa época, e respeitar as antigas. Claro que como "atual", entendamos construções com boa arquitetura, e não comercialóides de acordo com as sandices do mercado imobiliário.

2012

Livros lidos em 2012
81 - A motocicleta azul, Luis Carlos Pez, Ed. Uri, 79 pág, 23/12 a 24/12/12. (nota 5).
80 - Os segredos da mente milionária, Harv Eker, Sextante, 175 pág, 27/10 a 23/12/12. (nota 9,5).
79 - Como formar & treinar equipes de vendas, Diego Maia, Ed. Ferreira ,130 pág, 15/12 a 22/12/12. (nota 6).
78 - Saiba mais para gastar menos, Elaine Toledo, Ed. Alaúde, 143 pág, 01 a 09/12/2012. (nota 7).
77 - O X da questão, Eike Batista, Sextante, 130 pág, 01 a 02/12/2012. (nota 8).
76 - Planejamento estratégico: um bem ou um mal necessário, Roberto Tadeu de Morais, Ed. Fundo de Cultura (Faccat), 109 pág, 02/12/2012. (nota 6,5).
75 - Quanto custa ficar rico, Paulo Portinho, Campus, 165 pág, 20/10 a 15/11/2012. (nota 7,5).
74 - A oração que Deus entendia, Paulo Coelho, Ed. Caras, 64 pág, 03/11/2012. (nota 6,5).
73 - A Revolução dos Bichos, George Orwel, Globo, 143 pág, 02/11/2012. (nota 9,5).
72 - Assassinatos na Academia Brasileira de Letras, Jô Soares, Companhia das Letras, 252 pág, 26/10 a 28/10/2012. (nota 7,5).
71
- Seja líder de si mesmo, Augusto Cury, Sextante, 127 pág, 12/10/2012. (nota 7).
70 - A Lei de Murphy, Arthur Bloch /Millor Fernandes, Record, 106 pág, 09 a 12/10/2012. (nota 5).
69 - Selma e Sinatra, Martha Medeiros, Objetiva, 132 pág, 09 a 11/10/2012. (nota 4).
68 - Maigret e o homem do banco, Georges Simenon, L&PM/Nova Fronteira, 192 pág, 05 a 09/10/2012. (nota 6,5)
67 - O vencedor está só, Paulo Coelho, Agir, 398 pág, 18/09 a 27/09/2012. (nota 7)
66 -
Programa Integral de Leitura (Guia Introd e 1º Ciclo, Olga Camargo Valcárel, Pilbra, 78 pág, 03/09 a 21/09/2012. (nota 7)
65 -
Brasa sob cinzas, Leonardo Boff, Record, 121 pág, 12/09 a 18/09/2012. (nota 6)
64 - Espiritualidade, Leonardo Boff, Sextante, 63 pág, 03/09 a 06/09/2012. (nota 5)
63
- O que Steve Jobs faria?, Peter Sander, Universo dos Livros, 165 pág, 21/06 a 11/08/2012. (nota 7)
62 - As sete Leis Espirituais do sucesso, Deepak Chopra, Ed. Best Seller, 103 pág, 24/06 a 08/07/2012. (nota 9,5)
61 - Filhos inteligentes enriquecem sozinhos, Gustavo Cerbasi, Ed. Gente, 170 pág, 16/05 a 24/06/2012). (nota 7)
60 - Casais inteligentes enriquecem juntos, Gustavo Cerbasi, Ed. Gente, 163 pág, 22/04 a 13/05/2012. (nota 7,5)
59 -Curso básico para resolver problemas e tomar boas decisões, Ken Watanabe, Sextante, 127 pág, 15/04 a 21/04/2012. (nota 4,5)
58 -O Príncipe, Nicolau Maquiavel, Nova Cultural, 282 pág, 17/03 a 15/04/2012. (nota 6,5)
57 - Faça todo mundo gostar de você em 90 segundos, Nicholas Boothmann, Ed. Gente, 190 pág, 09/04 a 15/04/2012. (nota 7)
56 - Dez Leis para ser feliz, Augusto Curi, Sextante, 121 pág, 05/04/2012. (nota 6)
55 - Investimentos inteligentes, Gustavo Cerbasi, Ed. Thomas Nelson do Brasil, 271 pág, 22/09 a 24/03/2012. (nota 7)
54 - O Homem que Calculava, Malba Tahan, Ed. Record, 301 pág, 05/10/2011 a 26/02/2012. (nota 7,5)
53 - Pai Rico, Pai Pobre, Robert Kiyosaki e Sharon Lechter, Ed. Campos, 186 pág, 14/01/2012 a 29/01/2012. (nota 7)
ESTATÍSTICA DE 2012*
- Em 2012, 28 livros, 2,5 mês - 4.683 pág, 425/mês e 14,2/dia.
- Até fim/julho, 10 livros, 1,6/mês - 1.914 pág, 319/mês e 10,6/dia.

- Em 2011 - 43 livros, 4/mês - 7.937 pág, 721/mês e 24/dia.
* exceto janeiro=férias.

2013

Livros lidos em 2013
109 - Estranhos segredos do Oriente Místico, Norvell, Nova Era/ Record, 248 pág, 29/10 a 25/12/2013. (3,5 estrelas)
108 - Como entender o efeito sombra em sua vida, Debbie Ford, Cultrix/ Pensamento, 223 pág, 11/11 a 04/12/2013. (3 estrelas)
107 - Onde moram os tatus, Ivan Camargo, Lusoart Ed. PAC, Governo SP, 233 pág, 24/10 a 12/11/2014. (2 estrelas)
106 - Ninguém escreve ao Coronel, Gabriel García Márquez, Record, 96 pág, 24/10/2014. (2,5 estrelas)
105 - Contos do país dos gaúchos, Julián Marguía, Mercado Aberto, 119 pág, 23/10/2014. (2 estrelas)
104 - As 21 leis irrefutáveis da liderança, John C. Maxwell, Thomas Nelson do Brasil, 333 pág, 27/08 a 18/10/2014. (4,5 estrelas)
103 - Beleza interior, Fabrício Carpinejar, Ed. Arquipélago, 240 pág, 08/10 a 11/10/2014. (3,5 estrelas)
102 - O pior futebol de todos os tempos, Felipe Andreoli, Panda Books, 110 pág, 22/04 a 12/10/2014. (2,5 estrelas)
101 - Fora da Caixa, Rudson Borges, Ed. Interagir, 152 pág, 20/08 a 01/09/2013.
100 - O texto na TV, Vera Íris Paternostro, Campus, 233 pág, 21 a 24/08/2013. (4,5 estrelas)
99 - Como integrar liderança e espiritualidade, Jair Moggi e Daniel Burkhard, Campus, 147 pág, 18 a 20/08/2013. (2,5 estrelas)
98 - Praticando Coaching, Renato Ricci, Qualitec Publ., 99 pág, 16 a 17/08/2013. (2,5 estrelas)
97 - A essência da sabedoria de Confúcio, Charles Finger, Ediouro, 146 pág, 22/07 a 04/08/2013. (1 estrela)
96 - Oportunidades disfarçadas, Carlos Domingos, Sextante,303 pág, 18/05 a 27/06/2013. (4,5 estrelas)
95 - Os 7 hábitos das pessoas altamente eficazes, Stephen Covey, Best Seller, 77 pág, 23/06/2013. (2 estrelas)
94 - 10 Copas - É demais!, Pedro Ernesto Denardin, 144 pág, 12/05/2013. (1,5 estrela)
93 - O homem mais rico da Babilônia, George S. Clason, Ediouro, 157 pág, 15/04 a 20/04/2013. (3,5 estrelas)
92 - Leitura dinâmica para principiantes, Tony Buzan, Sextante, 96 pág, 14/04/2013. (2,5 estrelas)
91 - Feliz ano velho, Marcelo Rubens Paiva, Ed. Brasiliense, 232 pág, 27/03 a 06/04/2013. (3,5 estrelas)
90 - Como se tornar um líder servidor; James C. Hunter; Sextante, 142 pág, 09/03 a 05/04/2013. (4 estrelas)
89 - No mundo dos livros, José Mindlin, Agir, 102 pág, 24/03/2013. (2 estrelas)
88 - Propaganda de A a Z, Rafael Sampaio, Ed. Campus, 285 pág, 26/01 a 22/03/2013. (3 estrelas)
87 - Como formar, treinar e dirigir equipes de vendas, César Frazão, Ed. Harbra, 122 pág, 09/03/2013. (4 estrelas)
86 - The Mind of the Tops, Jorge Polydoro, Instituto Revista Amanhã, 256 pág, 24/02 e 25/02/2013. (3,5 estrelas)
85 - Criatividade de Guerrilha, Jay Conrad Levinson, Ed. Mauad, 212 pág, 20/01 a 23/02/2013. (2 estrelas)
84 - Noites de tormenta, Nicholas Sparks, Ed. Novo Conceito, 173 pág, 17/02/2013. (3,5 estrelas)
83 - Qual é a tua obra?, Mario Sérgio Cortella, Vozes, 142 pág, 16/01 a 23/01/2013. (4,5 estrelas)
82 - As cinco pessoas que você encontra no céu, Mitch Albom, Sextante, 192 pág, 21/12/12 a 18/01/2013. (4 estrelas)
*Estatística de 2013*
2013 (j/d): 28 livros, 2,33 p/mês - 5.014 pág - 417,8 pág/mês - 14 pág/dia.
até out: 25 livros, 2,5 p/mês - 4.310 pág - 431 pág/mês - 14,3 pág/dia.
jan/abr: 12 livros , 3 p/mês - 2.111 pág - 703 pág/mês - 23,4 pág/dia.